Árvores gigantes pertinho de São Francisco

Quem visita a Califórnia não pode deixar de conferir as árvores gigantes por aqui. São inúmeros os parques para escolher, com Redwoods (Sequoia semperviens), nas regiões costeiras, ou sequoias gigantes (Sequoia dendron giganteum) na região da Sierra Nevada. No segundo caso, um dos parques para conferir é o Yosemite. Hoje vamos falar de um parque de Redwoods, super acessível a partir do centro de São Francisco: Muir Woods.

alt

Muir Woods National Monuments é um dos parques abertos para visitação onde se podem encontrar essas árvores centenárias. Protegida desde o início do século XX, a área é administrada pela Golden Gate Nacional Recreation Area. Esse é um dos mais de 400 parques nacionais dos Estados Unidos.

alt

Como chegar

O acesso ao parque é simples, apesar de não haver sinal de celular próximo e no local do parque, com o GPS não tivemos dificuldade nenhuma de encontrá-lo. A estrada é pavimentada, mas alguns trechos tem muitas curvas (aviso para quem enjôa em viagens!). Vá devagar e aprecie a paisagem. São aproximadamente 12 milhas (19 quilometros) ao norte da Golden Gate Bridge (a famosa ponte de São Francisco). O estacionamento é pequeno, e enche rápido. O melhor é visitar durante a semana, ou no início do dia. Visitamos em um domingo no final do outono e no horário que chegamos (um pouco antes das 9 da manhã) ainda haviam vagas, mas o estacionamento estava enchendo rápido. O parque abre as 8 e permanece aberto até o pôr-do-sol (o que significa 4 da tarde durante o inverno).

alt

O que levar

É importante ter em mãos uma jaqueta, pois a temperatura no parque é menor do que na cidade. O local tem banheiros, lojas de presentes (gift shop), uma central de visitantes (Visitor center) e um local para comprar lanches (sanduiches, água e refrigerantes, bolinhos e muffins). A melhor opção, porém, é fazer um lanche antes de chegar no parque, pois um sanduiche e um café podem custar mais de $13.00 no local. Não é permitido fazer picnic nas trilhas. Coloque um sapato confortável para andar, e que você não se importe em sujar um pouco (o local é úmido, e a terra pode ficar um pouco lamacenta). E é claro, a câmera fotográfica não pode faltar!

alt

Quanto tempo devo dedicar para essa atividade?

Nós levamos aproximadamente duas horas para fazer a trilha principal completa, parando para tirar fotos e fazer um lanche rápido, e andando calmamente. O local tem diversas outras trilhas, no entanto, e algumas delas podem levar várias horas para serem concluidas. Para quem gosta da atividade e tem um pouco mais de preparo físico, vale conferir e reservar um tempo a mais para extender o passeio.

alt

Regras

A ideia dos parques naturais é preservar a fauna e a flora, causando o menor distúrbio possível. Por isso, todos os parques nacionais tem regras que incluem não alimentar os animais, pescar, marcar árvores ou remover mudas, flores, ou folhas. Leve para a casa a lembrança e muitas fotos. Não é permitido fumar nas trilhas, assim como andar de bicicleta ou a cavalo. Animais domésticos não são permitidos. A recomendação é evitar barulhos também. Algo interessante é ficar completamente quieto apreciando o completo silêncio, em especial quando a trilha se afasta do rio e nem mesmo o barulho da água corrente é perceptível.

alt

Custo

Para menores de 16 anos a entrada é gratuita, com um custo ($10 por pessoa quando estivemos lá) para pessoas com 16 anos ou mais.

alt